História & Contexto

Bandeira USA   Bandeira Espanha

 

 

  O Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina, Área de Concentração em Anatomia Patológica, teve o seu início em 1978, com o Mestrado e, em 2011, com o Doutorado.

   Já foram titulados mais de uma centena de mestres (117), sendo a primeira dissertação defendida em 21 de agosto de 1980, pela médica patologista Dalila Poli de Carvalho, com o título - "Histopatologia dos Apudomas Pulmonares – Revisão e Crítica de 90 Casos," cujo orientador foi o Professor Titular Domingos De Paola, diante de banca examinadora constituída pelos docentes: Francisco Duarte Guimarães Neto; Kalil Madi e Paulo Roberto Gonçalves Sampaio de Lacerda. 

   No Doutorado já foram defendidas 7 teses, sendo a primeira em 18 de dezembro de 2013, pela médica patologista Ana Paula Aguiar Vidal Sieiro, com o título - "Análise Imuno-Histoquímica da Atividade da Via da Adenosina Monofosfato Cinase (AMPK) nos Carcinomas Bem Diferenciados de Linhagem Folicular da Tireóide. Estudo Comparativo Entre o Tecido Neoplásico e o Não Neoplásico," cujos orientadores foram os docentes titulares Mario Vaisman e Denise Pires de Carvalho. A defesa foi diante de banca examinadora com os membros: Bruno Moulin de Andrade; Flavia Lúcia Conceição; Carlos Alberto Basílio de Oliveira; Vera Lucia Nunes Pannain; Adriana Marques Caroli de Freitas Bottino; José Carlos Oliveira de Morais; Patricia de Fátima dos Santos Teixeira e Mario Vaisman.

   Segundo a multidisciplinaridade do conhecimento, o programa tem sido destinado aos graduados em diferentes áreas da saúde, a saber: biólogos, biomédicos, dentistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e médicos, entre outros profissionais da saúde. Pesquisadores de diversas áreas do conhecimento fazem parte do seu corpo docente, o que contribui para um crescente número de discentes inscritos, principalmente no doutorado, de modo a se favorecer a integração entre as pesquisas experimental e clínica. A área de concentração em Patologia é a mais adequada para se fazer a citada integração, tendo como objetivos principais, os estudos da patogenia, das alterações cito-histopatológicas, do diagnóstico e do tratamento das doenças.

 

 

♦♦♦

UFRJ Pós-Graduação em Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina
Desenvolvido por: TIC/UFRJ